Polícia prende homem que estuprou enteada por 17 anos, a engravidou e obrigou a ter o filho

Prisão ocorreu na cidade de Juazeiro, na Bahia; homem de 42 anos iniciou abusos contra a vítima quando ela tinha 12

  • Por Jovem Pan
  • 28/07/2021 16h14 - Atualizado em 28/07/2021 18h00
Polícia Civil da Bahia/DivulgaçãoCaso foi registrado na cidade de Juazeiro, na Bahia

A Polícia Civil da Bahia prendeu nesta quarta-feira, 28, um homem de 42 anos suspeito de estuprar a própria enteada por 17 anos seguidos na cidade de Juazeiro, no interior do Estado. Segundo a titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher da cidade, Licelma Bonfim, a vítima, que tem 29 anos, procurou a delegacia relatando que era abusada desde os 12 anos, engravidou no ano de 2018 e foi obrigada a ter o filho do próprio padrasto. “Nessa ocasião ele ameaçou matar a criança caso ela não o deixasse registrar como pai. A vítima foi obrigada a mentir para sua mãe, dizendo que o filho era fruto de um relacionamento com um homem que a abandonou”, informou a delegada em nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado. Segundo relatos da vítima, o homem teria continuado com ameaças de morte mesmo após o nascimento da criança. O suspeito, que não teve identidade revelada, foi preso de forma preventiva, passou por exame de corpo de delito e foi encaminhado ao Conjunto Penal de Juazeiro, onde aguarda à disposição da Justiça.