Primeira versão digital da história do Enem tem abstenção total de 71,3%

Segundo e último dia de prova também foi marcado por queda de energia, questão sobre vacinação e cancelamento por problemas estruturais em cidades de Rondônia

  • Por Jovem Pan
  • 07/02/2021 22h09
REGINALDO PIMENTA AGÊNCIA O DIA ESTADÃO CONTEÚDOObjetivo é tornar o Enem totalmente online até 2026

A versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve uma abstenção total de 71,3% entre os 96 mil candidatos inscritos. O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou na noite deste domingo, 7, que 26.709 candidatos estavam presentes para fazer a prova e 66.370 não compareceram. O número não inclui os inscritos de todas as cidades do Amazonas, onde a prova foi adiada devido à pandemia do novo coronavírus, e nem os das cidades de Espigão D’Oeste e Rolim de Moura, em Rondônia, que tiveram problemas estruturais. O direção tecnológica do Inep também reportou uma queda de energia que resultou na ampliação do tempo da duração da prova em algumas localidades. Além disso, os participantes que faziam o exame na Universidade Estácio de Sá/Queimados, no Rio de Janeiro, terão que fazer a prova novamente.

Neste domingo, 7, durante o segundo e último dia da prova digital do Enem, os estudantes se depararam com um tema muito falado nos últimos meses, a vacinação. Sem citar a pandemia do novo coronavírus, a prova de Biologia exigiu, em uma das questões, conhecimentos sobre imunizantes e as suas tecnologias de produção – tema que esteve ausente do Enem impresso, aplicado nos dias 17 e 24 de janeiro. Já a prova de Matemática chamou atenção pelos cálculos simples e pelas perguntas voltadas para a área financeira. “Tivemos uma sequência de questões sobre este tema. Foi o principal tópico da prova, que foi muito bem feita e marcada pela interdisciplinaridade”, opinou Vera Lúcia da Costa Antunes, coordenadora do Objetivo. O gerente de Inteligência Educacional e Avaliações do Poliedro, Fernando do Espírito Santo, completou que predominaram nas questões de Matemática os conceitos teóricos, que não demandavam muitas contas.

*Com informações do Estadão Conteúdo