Primeiro satélite 100% brasileiro, Amazonia-1 chega ao espaço

Lançamento aconteceu na madrugada deste domingo, 28, no Centro de Lançamento Satish Dhawan Space Centre, em Sriharikota, na Índia

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2021 07h34 - Atualizado em 28/02/2021 07h38
Reprodução / MCTIO satélite 100% brasileiro vai fornecer imagens para monitoramento da Terra

O primeiro satélite totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil, o Amazonia-1 chegou ao espaço. A operação de lançamento, feita na madrugada deste domingo, 28, no Centro de Lançamento Satish Dhawan Space Centre, em Sriharikota, na Índia, ocorreu sem imprevisto, sendo considerada “um sucesso”. Situado em uma altitude média de 752 km acima da superfície, o satélite 100% brasileiro vai fornecer imagens para monitoramento da Terra, além de transmitir informações sobre região costeira, reservatórios de água, desastres ambientais, entre outros.

Segundo o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, que acompanhou o lançamento diretamente da Índia, o equipamento será de extrema importância para o Brasil. “O satélite será fundamental para o monitoramento da Amazônia e outros biomas no Brasil, além de inaugurar uma nova era para a indústria brasileira de satélites”, disse. Entre as autoridades brasileiras também presentes na delegação, o diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE/MCTI), Clezio de Nardin, considerou o lançamento como  “um dos marcos mais importantes do desenvolvimento de um satélite”. “O satélite executou as primeiras atividades previstas, como a abertura do painel solar, a estabilização de sua orientação em relação à Terra, a verificação preliminar de seus subsistemas e a colocação no modo de prontidão. Iniciamos neste momento a fase de teste para verificação do satélite e ajustes de sua câmera, o que permitirá obter a primeira imagem de alta resolução gerada pelo Amazonia-1.”

Em vídeo, o embaixador da Índia no Brasil, Suresh K. Reddy, falou sobre a cooperação entre os países e a importância da operação. “Vamos testemunhar um novo capítulo, com o lançamento do Amazonia-1 no foguete PSLV. Durante a visita do presidente Jair Bolsonaro no ano passado, Brasil e Índia concordaram em tornar a cooperação na área espacial uma prioridade e estou satisfeito que esse lançamento esteja ocorrendo pouco tempo depois.” O lançamento do Amazonia-1 faz parte da Missão Amazônia, que busca fornecer dados para monitorar a região. A expectativa é que dois outros satélites, o Amazônia-1B e o Amazônia-2, também sejam lançados, em data a ser definida.