Região do Vale do Ribeira, em SP, volta à fase mais restritiva da quarentena

Cidade estava na fase 3, mas voltara à fase 1, mais restritiva; estado de São Paulo registrou 13.298 novos casos confirmados da Covid-19 em 24 horas e 287 novas mortes

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2020 14h53 - Atualizado em 31/07/2020 14h56
Newton Menezes/Estadão ConteúdoEm coletiva, Doria disse que já havia alertado sobre a possibilidade de reclassificação da região

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta sexta-feira, 31, que a região de Registro, localizada no Vale do Ribeira, litoral sul do Estado, passará por uma readequação das medidas de isolamento sugeridas pelo Plano São Paulo, que determina a flexibilização da quarentena. Segundo Doria, a região de Registro passará da fase 3 amarela para a fase 1 vermelha, a mais restritiva.

“Durante essa semana já vínhamos alertando para que essa era uma possibilidade de reclassificação”, disse o governador. “Dez novos leitos de UTI já foram destinados ao Vale do Ribeira, assim como equipamentos e outras necessidades demandadas pela Saúde”, afirmou em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Conforme boletim do governo do estado, nos últimos sete dias a região de Registro teve um aumento de 130,4% no número de casos confirmados da Covid-19 e de 600% no número de óbitos. Ao todo, a região concentra 3.323 diagnósticos e 70 mortes pela doença.

Números da Covid-19 no estado de São Paulo

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Carlo Gorinchteyn informou nesta sexta-feira, 31, que o Estado registrou 542.304 casos confirmados da Covid-19 e 22.997 mortes pela doença até o momento. Entre ontem e hoje, houve 13.298 novas ocorrências, crescimento de 2,45%, e 287 novos óbitos, um aumento de 1,25%. Segundo Gorinchteyn, o índice de ocupação dos leitos de UTI é de 64% no Estado e de 62,1% na região metropolitana da capital.

*Com Estadão Conteúdo