Rio suspende vacinação de profissionais da educação e de segurança após decisão do STF

Motoristas e cobradores de ônibus, trabalhadores do transporte escolar e de serviços de limpeza urbana também serão afetados pela suspensão, que entra em vigor na sexta-feira, 7

  • Por Jovem Pan
  • 06/05/2021 20h11
DELMIRO JUNIOR/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDORestante do calendário de imunização seguirá de acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19

A Prefeitura do Rio de Janeiro informou através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) que irá suspender a vacinação de determinadas categorias contra a Covid-19. A informação foi divulgada nesta quinta-feira, 6, e a suspensão, que entra em vigor na sexta-feira, 7, afeta profissionais da educação, segurança pública, motoristas e cobradores de ônibus, transporte escolar e serviços de limpeza urbana. Segundo a SMS, a suspensão ocorrerá por conta de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que foi notificada pelo Ministério Público nesta quinta. Ainda de acordo com a secretaria, o calendário de vacinação seguirá conforme o previsto no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, contemplando: gestantes e puérperas com comorbidades, pessoas com síndrome de down, doentes renais crônicos que dependam de diálise, trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente e guardas municipais envolvidos diretamente em ações de combate à pandemia.