São Paulo inicia vacinação em idosos no dia 8 de fevereiro

Primeiro grupo beneficiado será o de idosos a partir dos 90 anos de idade; imunização dos que têm mais de 85 anos começa no dia 15 de fevereiro

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2021 13h17 - Atualizado em 29/01/2021 18h21
ADRIANA TOFFETTI/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 26/01/2021 Vacinação em pessoas a partir dos 90 anos deve começar em 8 de fevereiro

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta sexta-feira, 29, que a imunização de idosos a partir dos 90 anos contra a Covid-19 será iniciada em todo o estado no dia 8 de fevereiro. A previsão é de que 206 mil pessoas nessa faixa etária recebam a primeira dose da vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan e na semana seguinte, a partir do dia 15, o programa de imunização amplie a idade dos contemplados para a partir dos 85 anos. “Com o novo lote de vacinas, nós iniciaremos a partir do dia 8 de fevereiro o programa de vacinação de 206 mil idosos acima de 90 anos de idade e a partir do dia 15 de fevereiro, idosos na faixa etária entre 85 e 89 anos”, afirma. Ao todo, 515 mil pessoas devem ser vacinadas nessa etapa do plano de vacinação do estado.

Segundo Doria, o governo do estado distribuiu 1,8 milhão de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde para distribuição no país. Dessas doses, 410 mil ficarão no estado. “Com esse novo lote, São Paulo vai conseguir imunizar especificamente o público alvo da sua primeira fase de vacinação: trabalhadores de saúde, os profissionais e aqueles que atuam em hospitais públicos no estado de São Paulo, indígenas, quilombolas e idosos residentes em asilos”, afirmou o governador. Ele disse, ainda, que o plano de imunização vai incluir mais idosos no futuro. “Gradualmente vacinaremos também as pessoas entre 80 e 85, entre 75 e 80, entre 70 e 75, assim como pessoas acima de 60 anos. Todos estão na escala de prioridade do Plano Estadual de Imunização do estado de São Paulo”, pontuou.

“A prioridade leva em conta a vulnerabilidade dessa faixa etária, uma vez que 37% das pessoas com mais de 85 anos que tiveram Covid evoluíram para o óbito no decorrer da pandemia”, afirmou Regiane de Paula, coordenadora de controle de doenças infecciosas da Secretaria de Saúde de São Paulo. Os idosos ou familiares deles com acesso à internet poderão fazer um pré-cadastro para imunização no site “Vacine Já”, do governo de SP, e deverão fornecer nome, CPF, endereço e telefone de contato do beneficiário; os locais de vacinação podem ser conferidos no mesmo site. Nele, é possível inserir o CEP da residência do idoso e ver qual posto de saúde é mais próximo.