Site do Ministério da Saúde e ConecteSUS saem do ar, e PF investiga ataque hacker

De acordo com o governo federal, Gabinete de Segurança Institucional também foi acionado e setor de informática do SUS trabalha no restabelecimento do sistema

  • Por Jovem Pan
  • 10/12/2021 12h21 - Atualizado em 10/12/2021 13h16
Reprodução site do ministério da saúde Mensagem sobre ataque hacker foi registrada na madrugada desta sexta-feira

O Ministério da Saúde afirmou por meio de nota nesta sexta-feira, 10, que parte dos sistemas online da pasta estão comprometidos após um ataque hacker registrado no começo da madrugada. Por causa da ofensiva digital, os sites da pasta do governo e do Conecte SUS, plataforma utilizada para emissão de comprovantes de vacina no Brasil, estão fora do ar. De acordo com o comunicado da Saúde, o Gabinete de Segurança Institucional e a Polícia Federal foram acionados para fazerem investigações e o departamento de informática do SUS “está atuando com a máxima agilidade para o reestabelecimento das plataformas”. O posicionamento da pasta também afirma que outros sistemas além do certificado de imunização estão indisponíveis no momento: o e-SUS Notifica, o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) e a Carteira Nacional de Vacinação Digital. O acesso à página foi interrompido por volta de 1h, quando uma mensagem do grupo LAPSU$ GROUP apareceu no lugar da tela inicial informando que todos os dados internos foram copiados e excluídos, pedindo um resgate para que as informações sejam devolvidas. O governo não detalhou se qualquer negociação está sendo feita.