SP: dois moradores de rua morrem após madrugada mais fria do ano

Corpos foram encontrados na Praça da Sé e na Rua 25 de Março; Policia Civil investiga

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2020 13h45
RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDODois moradores de rua morreram em decorrência do frio

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo, dois corpos de moradores de rua foram encontrados no início da manhã deste sábado após a capital registrar a madrugada mais fria do ano. De acordo com levantamento do  Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), as temperaturas mais baixas foram registradas pouco antes da meia-noite, com média de 8,1°C na cidade e mínima de 6,7°C na região de Capela do Socorro. 

Em nota, a SSP-SP informou que a Polícia Civil está investigando o encontro desses corpos na Praça da Sé, uma mulher, e na Rua 25 de Março, ainda não identificado, região central da Capital. As ocorrências estão sendo registradas pelo 1º DP (Sé), que solicitou perícia e apura todas as circunstâncias das mortes.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) informou que até a segunda-feira, 24, o estado de São Paulo deve bater recorde de frio para o ano mais de uma vez. Todo o frio intenso deve melhorar nos próximos dias, de acordo com o CGE, que prevê o retorno de sol entre nunes e períodos da tarde com temperaturas mais elevadas. A partir de terça-feira, 25, os termômetros vão registrar elevação nas temperaturas com o afastamento da massa de ar frio, mas as noites e amanhecer continuam gelados.