Trabalhadores do transporte de São Paulo cancelam paralisação desta terça

Decisão foi tomada após reunião entre líderes da categoria e o governador João Doria (PSDB), que prometeu inclusão dos funcionários na lista prioritária de vacinação

  • Por Jovem Pan
  • 20/04/2021 00h07
FÁBIO VIEIRA/FOTORUA/ESTADÃO CONTEÚDOCategoria será incluída na lista de prioridade de vacinação

Os trabalhadores do transporte no Estado de São Paulo cancelaram a paralisação de 24 horas que estava prevista para acontecer nesta terça-feira, 20. A decisão foi tomada na noite desta segunda, 19, e divulgada no portal da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística (CNTTL). O que motivou a suspensão da paralisação foi a garantia de inclusão da categoria no calendário prioritário de vacinação no estadual, que foi prometida pelo Secretário de Desenvolvimento Regional do Governo de João Dória (PSDB), Marco Vinholi , em reunião nesta segunda.

“A decisão pela suspensão da paralisação foi da maioria dos representantes. O Governo Dória decidiu criar um grupo de trabalho e sinalizou que nesta quinta-feira (22) informará um cronograma da vacinação dos trabalhadores em transportes no estado de São Paulo”, disse Paulo João Estausia, conhecido como Paulinho, presidente da CNTTL. Dirigentes e os presidentes do Sindicato dos Motoristas da cidade de São Paulo, Valdevan Noventa, e da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo (FTTRESP), Valdir de Souza Pestana também participaram do encontro.

Valdevan Noventa, que além de presidir a SindMotoristas também é deputado federal, comemorou a promessa de inclusão da categoria por parte do governo. “Essa luta é antiga. Foram diversas tentativas, reuniões, protocolos, reportagens em tv, abaixo-assinado, tentando mostrar aos governantes a importância dos trabalhadores em transporte. Agora, finalmente, conseguimos. A vacina trará, sobretudo, esperança a todos”, disse. Mais cedo, o Sindicato dos Metroviários já havia confirmado que não iria aderir à paralisação. Horas antes, Doria anunciou o início da vacinação de operadores da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e do Metrô de São Paulo para o dia 11 de maio.