‘Enquanto eu for presidente, vai ter mais’, diz Bolsonaro sobre ação da PF no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 27/05/2020 10h27
EFE/ Joédson AlvesPara outro apoiador o presidente assegurou que a "a Polícia Federal está agindo"

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, na saída do Palácio da Alvorada, que vão “ter mais” ações da Polícia Federal como a ocorrida no Rio de Janeiro. Nesta terça-feira (26), a corporação cumpriu mandado de buscas e apreensão no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel (PSC), e em outros endereços ligados ao governo do Estado.

“Vai ter mais. Enquanto eu for presidente, vai ter mais. Isso não é informação privilegiada, não. Vão falar que é informação privilegiada”, disse Bolsonaro após um apoiador agradecer à PF “pela ação que tomou ontem [terça] no Rio de Janeiro contra aquele governador que não quer nada”.

Para outro apoiador que cobrou “Justiça em tempo real para todos que cumpriram crimes contra a população”, o presidente assegurou que a “a Polícia Federal está agindo”.

A ação da Polícia Federal no Rio de Janeiro faz parte da Operação Placebo, que apura possíveis desvios de recursos públicos destinados ao atendimento do estado de emergência de saúde pública. Segundo a PF, há indícios de um esquema de corrupção envolvendo servidores da cúpula da gestão do sistema de saúde do Estado do Rio de Janeiro.

Novas buscas da Polícia Federal acontecem nesta quarta-feira. Mas a corporação cumpre ordens judiciais no âmbito do inquérito das fake news, que tramita junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). Agentes realizam 29 mandados de buscas no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

*Com informações do Estadão Conteúdo