Valeixo: Bolsonaro disse que queria alguém com quem tivesse ‘afinidade’

Ex-chefe da Polícia Federal prestou depoimento nesta segunda-feira

  • Por Jovem Pan
  • 11/05/2020 15h49
Reprodução/Gazeta do PovoValeixo foi o pivô da demissão do ex-ministro da Justiça Sergio Moro

O delegado Maurício Valeixo, ex-chefe da Polícia Federal, prestou depoimento na sede da corporação em Curitiba nesta segunda-feira (11). O pivô da demissão do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro declarou que o presidente Jair Bolsonaro lhe disse que não tinha nada “contra a sua pessoa”, mas queria um diretor-geral com quem tivesse “mais afinidade”.

A oitiva de Valeixo faz parte do inquérito sobre suposta interferência do presidente na PF. O depoimento foi agendado para a manhã desta segunda após determinação do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator da investigação.

O decano atendeu a pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, e determinou ainda a oitiva de outros quatro delegados, três ministros e da deputada Carla Zambelli.

O que eles falarem poderá ser confirmado ou não pelo vídeo da reunião do governo do último dia 22, onde, segundo Moro, Bolsonaro o ameaçou de demissão se não aceitasse a troca do comando da Polícia Federal.

* Com informações do Estadão Conteúdo