Colégios eleitorais abrem sem incidentes graves na Etiópia

  • Por Agencia EFE
  • 24/05/2015 06h03

Adis-Abeba, 24 mai (EFE).- Os colégios eleitorais da Etiópia abriram neste domingo sem incidentes e, desde as 6h (horário local, 0h em Brasília), milhões de etíopes foram convocados em eleições legislativas que revalidarão o poder da Frente Democrática Revolucionária do Povo Etíope (EPRDF), que governa desde 1991.

Os eleitores foram desde o início da manhã votar e esperavam pacientemente que as longas filas avançassem para poder chegar às zonas de votação, segundo pôde constatar a Agência Efe em três colégios eleitorais da capital do país, Adis-Abeba.

Os 45.795 colégios eleitorais espalhados por todo o país, que serão vigiados de perto por mais de 45 mil observadores locais e da União Africana, esperam a chegada de 36,8 milhões de eleitores registrados, segundo os dados divulgados pela Junta Eleitoral.

“Por enquanto não há incidentes e o povo está votando de forma ordenada e pacífica”, explicou à Agência Efe o coordenador da Junta Eleitoral no distrito de Wello Sefer (Adis-Abeba), Emebet Tesfaye.

Analistas e especialistas preveem uma vitória arrasadora do EPRDF e seus partidos filiados, que na legislatura passada controlavam 99,6% do Parlamento etíope, uma circunstância que os partidos da oposição criticaram e consideram que o pleito são projetados para perpetuar o EPRDF no poder.

Os colégios eleitorais fecharão às 18h (horário local, 12h em Brasília) e imediatamente começará a apuração de votos, embora a oposição tenha denunciado que fora da capital aconteceram algumas situações caóticas e esperam que a Junta Eleitoral amplie o horário das votações onde for necessário. EFE