Após permanência de Guedes, dólar recua; Bolsa cai 1,34%

Mesmo com queda, moeda americana encerrou a semana com alta de 3,16%; índice da bolsa brasileira acumulou uma perda de 7,18%

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2021 18h35 - Atualizado em 22/10/2021 21h02
PixabayIbovespa encerra fevereiro com queda de 4,37%. Desde o início de 2021, principal índice da B3 recuou 7,54%

Em meio à boatos sobre a saída de Paulo Guedes do Ministério da Economia, o mercado doméstico de câmbio viveu um dia agitado, mas registrou um recuo no valor do dólar nesta sexta-feira, 22. Após atingir a máxima de R$ 5,7545, a moeda americana recuou quando Guedes e o presidente Jair Bolsonaro apareceram lado a lado, desmentindo os rumores. Ao fim da sessão, o dólar registrou uma pequena queda de 0,71%, indo a R$ 5,6273. Mesmo com esse resultado, a moeda acumula alta de 3,16% ao longo da semana.  A Ibovespa por sua vez conseguiu limitar as perdas, fechando o dia com baixa de 1,34%, aos 106.296,18 pontos. Ao longo do dia, o índice chegou a cair quase 5 mil pontos, registrando a mínima de 102.853,96, menor valor registrado desde novembro de 2020. Após avançar 1,61% na semana anterior, o Ibovespa termina a semana com perda de 7,28%, sendo que, no pior momento da sessão, o recuo se aproximou da marca de 10%.

*Com informações do Estadão Conteúdo