Basta uma frase do presidente sobre privatização para Petrobras subir, diz Guedes

Ministro da Economia afirma que estatal pode ‘valer zero’ daqui a 30 anos e que fala de Bolsonaro ‘fez brotar R$ 100 bilhões do chão’

  • Por Jovem Pan
  • 25/10/2021 19h13 - Atualizado em 25/10/2021 20h54
ANTONIO MOLINA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOMinistro da Economia também agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro pelo apoio

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta segunda-feira, 25, que uma única frase do presidente Jair Bolsonaro pode fazer com que R$ 100 bilhões ‘brotem do chão’. A afirmação foi dita pelo chefe da pasta durante um discurso realizado no Palácio do Planalto. Em sua fala, Guedes defendeu que a extração do petróleo deve ser feita de maneira rápida para transformar o combustível em educação e investimento e evitar uma desvalorização da Petrobras no futuro. “E se daqui 10, 15, 20 anos o mundo todo migrou para a energia elétrica, para o hidrogênio, para o nêutron, para a energia nuclear e o fóssil for abandonado. A Petrobras vai valer 0 daqui 30 anos e o que nós fizemos? Deixamos o petróleo lá embaixo com uma placa de monopólio estatal em cima e não tiramos o petróleo. O objetivo é tirar o petróleo o mais rápido possível e transformar em educação, investimento, treinamento e tecnologia”, disse o ministro.

Em seguida, Guedes disse que uma única frase do presidente Bolsonaro é capaz de fazer a valorização da Petrobras aumentar e fazer com que surjam R$ 100 bilhões. “Bastou o presidente dizer ‘olha, vamos estudar isso ai, isso é um problema’, o negócio sobe 6% de repente. Bastou o presidente falar ‘vamos estudar’ e o negócio vai subindo e aparecem R$ 100 bilhões. Não dá para dar R$ 30 bilhões para os mais frágeis em um momento terrível como esse? Se basta uma frase do presidente para aparecer R$ 100 bilhões. Brotar do chão, porque que não podemos pensar ousadamente a respeito disso?”, disse Guedes.

Além disso, o ministro também agradeceu ao presidente pelo apoio durante o período de crise que o governo atravessa. Guedes destacou a aliança e afirmou que os dois seguem juntos pensando no melhor para o futuro do país. “Eu queria agradecer pela confiança do presidente. É sempre assim, eu estou morrendo afogado, ele aparece, renova a confiança e nós continuamos nessa aliança de liberais e conservadores por um futuro melhor do nosso país”, disse Guedes.