Bernard Arnault passa Jeff Bezos por algumas horas e sente o gosto de virar a pessoa mais rica do mundo

Dono de um império de luxo que inclui as grifes Louis Vuitton, Givenchy, Tiffany & Co, francês acumula patrimônio de US$ 186,3 bilhões; americano recuperou o posto mais tarde

  • Por Jovem Pan
  • 24/05/2021 13h24 - Atualizado em 24/05/2021 21h04
Fundação Louis Vuitton / Martin Argyroglo/ divulgação/ LVMHFortuna de Bernard Arnault aumentou US$ 110 bilhões desde março de 2020

O bilionário francês Bernard Arnault ultrapassou Jeff Bezos e se tornou a pessoa mais rica do mundo por algumas horas nesta segunda-feira, 24. Segundo dados da Forbes, o dono do conglomerado de luxo LVMH, que inclui aproximadamente 75 marcas, como Louis Vuitton, Givenchy, Tiffany & Co, acumulou um patrimônio de US$ 186,3 bilhões, US$ 300 milhões acima do fundador da Amazon, que possuía US$ 186 bilhões. O pódio ainda é completado pelo sul-africano Elon Musk, que soma US$ 147,3 bilhões em patrimônio. No começo da tarde, de acordo com a Fobres, Bezos recuperou a primeira posição, chegando a US$ 188,4 bilhões.

As ações da LVMH registravam alta de 0,8% no início desta tarde, aumentando o valor da empresa para mais de US$ 320 bilhões e elevando a participação pessoal de Arnault em US$ 600 milhões. O francês vinha em franca ascensão no seleto grupo dos maiores bilionários do planeta e ultrapassou Musk, que é o responsável pela montadora Tesla e pela empresa de exploração espacial SpaceX, na semana passada. Segundo a Forbes, a fortuna de Arnault cresceu US$ 110 bilhões desde março do ano passado, quando era estimada em US$ 76 bilhões, em meio ao aumento ao bom desempenho das suas marcas.