Bolsa tem leve alta, mas não recupera quedas da semana; dólar sobe pelo terceiro dia consecutivo

Aumento no Ibovespa foi puxado por commodities e bom humor do mercado no exterior

  • Por Jovem Pan
  • 24/06/2022 18h50
Pixabay Ibovespa, referência da Bolsa de Valores brasileira, avançou mais de 0,50% mesmo com feriado nos EUA Bolsa de valores registra aumento com Vale e outras empresas exportadoras de commodities

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, teve alta de 0,60% nesta sexta, 24, e fechou o dia com 98.672 pontos. Apesar da subida, o índice registrou queda na semana de 1,15% – na quinta, chegou ao menor patamar desde novembro de 2020. As razões para a subida foram o bom desempenho de outras bolsas no exterior (as americanas Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq subiram, respectivamente, 2,68%, 3,06% e 3,34%) e a valorização das commodities, incluindo as metálicas, após vários dias de queda. As ações da Vale, por exemplo, tiveram alta de 2,78%. Apesar disso, ainda persistem temores com a possibilidade de uma recessão nos Estados Unidos.

O dólar teve alta de 0,45% e fechou o dia cotado a R$ 5,25, no terceiro aumento consecutivo. No total da semana, a moeda americana se valorizou 2,13% frente ao real – a quarta semana seguida de alta. As preocupações fiscais com o país, como o pacote para aumento de programas sociais fora do teto de gastos, foram a principal razão para que a moeda brasileira tivesse desempenho ruim, diferentemente das de outros países emergentes, que tiveram ganhos frente ao dólar nesta sexta.