Em dia de caos no mercado, Bolsa despenca 12%, e dólar vai a R$ 4,72

Nesta manhã, a moeda chegou a encostar em R$ 4,80 e foi negociada a R$ 5 em casas de câmbio. O Ibovespa fechou em forte queda – 12,17%, aos 86.067,20 pontos

  • Por Jovem Pan
  • 09/03/2020 17h30
Arquivo/Agência BrasilDólar bate novo recorde

Depois de uma manhã de pânico nos mercados globais e também no Brasil, o dólar fechou em R$ 4,726 – em alta de quase 2% – e bateu novo recorde nesta segunda-feira (9).

O recorde corresponde ao maior valor nominal desde a criação do Plano Real. Nesta manhã, a moeda chegou a encostar em R$ 4,80 e foi negociada a R$ 5 em casas de câmbio.

Durante o dia, a B3, índice da Bolsa de Valores do Brasil, acionou o ‘circut breaker’ pela primeira vez desde 18 de maio de 2017 após o mercado abrir com queda de 10%. Os motivos do caos foram o avanço do coronavírus na Ásia e na Europa e também as tensões entre Opep e Rússia com o petróleo. Apesar do acionamento, o Ibovespa fechou em forte queda – 12,17%, aos 86.067,20 pontos.

A interrupção nas negociações é um mecanismo automático, que só é acionado quando há queda de mais de 10%.