IPCA: Inflação de maio desacelera para 0,47%; acumulado em 12 meses registra alta de 11,73%

Índice soma nove meses operando acima dos dois dígitos; grupo do vestuário foi o que registrou maior alta ao longo do mês

  • Por Jovem Pan
  • 09/06/2022 09h45 - Atualizado em 09/06/2022 12h14
Itaci Batista/Estadão Conteúdo Avanço de dois pontos percentuais em preços monitorados puxou revisão de alta da inflação em 2021 Avanço de dois pontos percentuais em preços monitorados puxou revisão de alta da inflação em 2021

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 0,47% em maio, mostrando uma desaceleração em relação ao mês de abril, quando registrou alta de 1,06%. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira, 9. Essa foi a menor variação mensal da inflação desde abril de 2021, quando ficou em 0,31%. Com o resultado de maio, o IPCA nos últimos 12 meses acumula alta de 11,73%, índice menor do que os 12,13% registrados nos meses anteriores. Mesmo diante da desaceleração, a inflação anual está há 9 meses rodando acima dos dois dígitos. Em 2022,os preços ao consumidor registraram uma alta de 4,78%. A maior variação veio do grupo Vestuário, que registrou alta de 2,11%. O grupo de Habitação apresentou queda de 1,7%, sendo o único que não registrou alta.