Presidente da Aurora Alimentos morre aos 80 anos

Mário Lanznaster estava internado em hospital particular da cidade de Chapecó, em Santa Catarina; velório ocorre na cidade

  • Por Jovem Pan
  • 18/10/2020 13h34
Aurora Alimentos / DivulgaçãoMário Lanznaster tinha tumor no fígado

Morreu na madrugada deste domingo, 18, o presidente da Aurora Alimentos, Mário Lanznaster. O executivo de 80 anos, que estava à frente da central de cooperativas agrícolas catarinense desde 2007, tratava havia dois anos de um tumor no fígado. Ele morreu pouco depois das 4h deste domingo no Hospital da Unimed, em Chapecó, sede da Aurora. Nascido em 1940 e agrônomo de formação, Lanznaster também foi suinocultor e atuava no setor cooperativista desde a década de 1970. Depois de exercer vários cargos no segmento, foi eleito presidente da Cooperativa Central Aurora em 2007. Apesar de doente, ele deu expediente normalmente no escritório até o último dia 11 de outubro.

Ele também era vice presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc). Casado há 50 anos com Edirce Lanznaster, o executivo teve quatro filhos. O velório do executivo será realizado neste domingo, no ginásio de esportes de Chapecó, a partir das 12h. O sepultamento ocorrerá às 17h30, no cemitério Jardim do Éden.

Gigante dos alimentos

A Aurora Alimentos, que atua no regime cooperativista, é uma das maiores empresas de alimentos do País. No ano passado, teve receita bruta de R$ 10,9 bilhões, sendo que cerca de um terço deste total (R$ 3,27 bilhões) veio de exportações. Em 2019, as vendas externas da companhia cresceram 46% em relação ao ano anterior. Os principais segmentos da catarinense são suínos, aves e produtos lácteos. A companhia tem mais de 30 mil funcionários e, no ano passado, anunciou um programa de investimentos da ordem de R$ 400 milhões para 2020.

*Com Estadão Conteúdo