Aeroporto de La Palma é fechado devido às cinzas provocadas pelo vulcão; cume sofre ruptura

Cumbre Vieja entrou em erupção no último domingo, 19; com explosões cada vez mais fortes, autoridades aumentaram a área isolada

  • Por Jovem Pan
  • 25/09/2021 16h41 - Atualizado em 27/09/2021 09h18
Miguel Calero/EFECume principal do vulcão Cumbre Vieja sofreu uma ruptura parcial neste sábado

O aeroporto da cidade de La Palma, nas ilhas Canárias, está fechado neste sábado, 25, devido ao acúmulo de cinzas provocadas pela erupção do vulcão Cumbre Vieja, que entrou em atividade no último domingo, 19. As explosões se intensificaram na sexta-feira, 24, e as autoridades espanholas aumentaram a área isolada. No entanto, a evacuação foi paralisada devido à suspensão dos voos. Até agora, 6 mil pessoas já deixaram a ilha. “O aeroporto está inoperante devido ao acúmulo de cinzas. As tarefas de limpeza já começaram, mas a situação pode mudar a qualquer momento”, informou, pelas redes sociais, a operadora aeroportuária Aena.

Nesta manhã, o cume principal do vulcão sofreu uma ruptura parcial e gerou um novo foco de erupção. O fenômeno causou uma enorme corrente de blocos de lava que se deslocaram pela encosta do cone em direção ao mar. Miguel Ángel Morcuende, chefe do comitê de crise, tranquilizou a população. “Trata-se de algo considerado normal devido à pressão acumulada no cone”, disse. “O cone não suporta o próprio peso e, devido às deflagrações de sexta-feira, procura sustentar-se, o que não tem grande importância.”