Agência da ONU de combate à fome vence Prêmio Nobel da Paz 2020

O PMA é a maior organização humanitária do mundo que trata da fome e promove a segurança alimentar

  • Por Jovem Pan
  • 09/10/2020 08h15
EFEO Prêmio da Paz é o único dos seis atribuídos e entregues fora da Suécia, em Oslo, por desejo expresso de Alfred Nobel

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) vai receber o Prêmio Nobel da Paz em 2020, conforme anunciado nesta sexta-feira (9) pelo Comitê Nobel da Noruega, com sede em Oslo. A premiação, como o restante dos Nobel, será entregue no dia 10 de dezembro — aniversário da morte do fundador dessas distinções, Alfred Nobel. A agência da ONU merece o prêmio “por seus esforços no combate à fome, por sua contribuição para melhorar as condições de paz em áreas afetadas por conflitos e por atuar como uma força motriz nos esforços para prevenir o uso da fome como arma de guerra e conflito”, disse o Comitê.

E acrescentou que, com essa concessão, “deseja voltar os olhos do mundo para as milhões de pessoas que sofrem ou enfrentam a ameaça da fome”. O PMA é a maior organização humanitária do mundo que trata da fome e promove a segurança alimentar. Em 2019, ela atendeu cerca de 100 milhões de pessoas em 88 países, lembrou a entidade norueguesa. O Comitê se referiu à pandemia da Covid-19 ao anunciar seu prêmio, lembrando que a doença contribuiu para um forte aumento no número de vítimas da fome no mundo. “O Programa Mundial de Alimentos tem demonstrado uma impressionante capacidade de intensificar seus esforços para enfrentar a situação criada pela pandemia.”

O Comitê Nobel lembrou que o PMA se dedica diariamente “a promover a fraternidade das nações referidas no testamento de Alfred Nobel. Como maior agência especializada da ONU, é uma versão moderna dos congressos de paz que o Prêmio Nobel da Paz pretende promover!”. O Prêmio da Paz é o único dos seis atribuídos e entregues fora da Suécia, em Oslo, por desejo expresso de Alfred Nobel — visto que na sua época a Noruega fazia parte do reino sueco. Este foi o último prêmio anunciado esta semana, depois de serem conhecidos os correspondentes à Medicina, Física, Química e Literatura. A rodada encerrará na próxima segunda-feira, com Economia.

*Com informações da EFE