Alemanha tem mais de 50 mil casos de Covid-19 pela primeira vez desde o início da pandemia

Taxa de vacinação no país segue estagnada há algumas semanas; apenas 67,3% da população alemã completou o esquema vacinal

  • Por Jovem Pan
  • 11/11/2021 11h30 - Atualizado em 11/11/2021 11h33
John Macdougall/Pool via REUTERSCom vacinação estagnada, Alemanha vê aumento no número de casos de Covid-19

A Alemanha registrou 50.196 casos de Covid-19 nesta quinta-feira, 12. É a primeira vez que o país registra mais de 50 mil infecções pela doença em 24 horas desde o início da pandemia, segundo o Instituto Robert Koch (RKI), a agência de epidemiologia do país. Foram 235 mortes, 70 óbitos a mais do que o divulgado no balanço anterior. A chanceler Angela Merkel usou suas redes sociais para reforçar que, enquanto a taxa da população vacina estiver abaixo de 75%, o número de casos não vai parar de aumentar. “Infelizmente tenho que dizer que nossa taxa de vacinação não é alta o suficiente para impedir a rápida disseminação do vírus”, iniciou.

“O RKI havia afirmado que qualquer taxa de vacinação da população abaixo de 75% estaria ligada a um crescimento exponencial [dos casos], com ocupação alta demais dos leitos de UTI”, afirmou Merkel. Para ela, além de aumentar a taxa de pessoas vacinadas com as duas doses, a solução é focar na dose de reforço para a população de risco e monitorar a necessidade de aplicação de novas medidas restritivas nas cidades. De acordo com informações da EFE, a taxa de vacinação segue estagnada há algumas semanas. Apenas 67,3% da população alemã completou o esquema vacinal. Cerca 30% dos cidadãos do país sequer foram imunizados contra a Covid-19.