Autoridades das Ilhas Canárias desmontam ‘acampamento para transmitir Covid-19’

62 pessoas estavam aglomeradas na praia Los Patos para se contaminar com o novo coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 10/08/2020 15h54
Reprodução/TwitterAcampamento para contrair Covid-19 foi descoberto nas Ilhas Canárias

A Guarda Civil e a Polícia das Ilhas Canárias, arquipélago espanhol no noroeste da África, localizaram no último sábado um ‘acampamento para a transmissão da Covid-19‘. O grupo de 62 pessoas estava acampado na praia de Los Patos e tinha como objetivo aglomerar, infectar uns aos outros e depois disseminar o novo coronavírus pela ilha. O plano foi descoberto pelas autoridades após uma convocação nas redes sociais. Os organizadores foram contatados pela polícia, que pediu o cancelamento do evento, mas nem todos os participantes foram avisados.

O perfil da Área de Segurança de La Orotava, município das Ilhas Canárias, no Twitter publicou fotos da ação dos policiais que aconteceu as 8h30 (horário local) do dia 8 de agosto. Todos os membros do acampamento foram retirados do local e suas barracas desmontadas. Os participantes da “festa da Covid-19” retiraram as sinalizações de entrada para a praia, que foram recolocadas pelas autoridades. Todo o lixo do acampamento foi recolhido e descartado de maneira segura.

“Esta é uma ameaça que tem sido levada muito a sério, já que a Guarda Civil realizou uma investigação muito minuciosa para interceptar os organizadores, e aqueles que apareceram foram levados para afirmações”, explicou o conselheiro de segurança em La Orotava, Narciso Pérez. “Apesar de a praia de Los Patos estar fechada ao público devido a deslizamentos de terra, há muitas pessoas imprudentes que vão até lá todos os fins de semana não só para tomar banho, mas até para acampar. Queremos deixar um recado que devemos respeitar a sinalização de entrada proibida, e lembrar que estão sendo feitos trabalhos para a realização de um novo acesso. Devemos também estar preocupados com essas chamadas por concentração de pessoas que estejam sendo feitas em uma situação de emergência de saúde como a que nos encontramos”, finalizou.

As Ilhas Canárias tem 2 milhões de habitantes e soma 162 mortes por causa da Covid-19 e 2.610 casos, não há informações dos recuperados. Em contrapartida, a Espanha já soma 28.503 mortes e 314.362 casos, com mais de 150 mil pessoas recuperadas. O mundo ultrapassa a marca de 730 mil mortes e quase 20 milhões de infectados.