Colisão entre trens deixa pelo menos 40 mortos no Paquistão

Mais de 100 pessoas ficaram feridas, parte delas presas às ferragens; veículos colidiram após um deles descarrilhar e bater de frente com outro

  • Por Jovem Pan
  • 07/06/2021 14h37 - Atualizado em 07/06/2021 16h26
WAQAR HUSSEIN/EFE Pelo menos 40 pessoas morreram no acidente de trem

Pelo menos 40 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas nesta segunda-feira, 7, quando um trem descarrilhou, invadiu os trilhos de outro trem e colidiu de frente com ele, fazendo com que o veículo capotasse na província de Sindh, no Paquistão. O acidente ocorreu por volta das 3h30 no horário local, 19h30 do domingo no horário de Brasília. A quantidade de pessoas presas nas ferragens pode fazer com que o número de mortos seja ainda maior. Para auxiliar no socorro das vítimas, o Exército foi enviado ao local para ajudar no transporte das pessoas de helicóptero.

O Primeiro Ministro do país, Imran Khan, disse em redes sociais que ordenou investigações sobre o acidente. “Estou chocado com o terrível acidente registrado no início da manhã que deixou 30 passageiros mortos. Já pedi ao ministro da Ferrovias para ir até o local e prestar assistência médica aos feridos e suporte às famílias dos mortos”, disse. Até o momento, o motivo do descarrilamento do trem não foi identificado. Com tecnologia datada da década de 1940, quando ainda era uma colônia do império britânico, o Paquistão tem histórico de acidentes de trem. Entre 2013 e 2019, pelo menos 150 pessoas morreram em ocorrências do tipo.