Comissão Europeia dá aprovação final à vacina contra Covid-19 da Moderna

O imunizante desenvolvido pela farmacêutica norte-americana contra o novo coronavírus será o segundo a ser distribuído nos 27 países que compõem o bloco

  • Por Jovem Pan
  • 06/01/2021 14h38
EFE/EPA/Gary Coronado / POOLA vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Moderna apresentou uma eficácia de 95% nos testes clínicos

A Comissão Europeia aprovou a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Moderna nesta quarta-feira, 6. A autorização chega poucas horas depois da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) dar sinal verde para o imunizante, que se tornará a segunda vacina contra o novo coronavírus a ser distribuída nos 27 países que compõem o bloco. A primeira foi a da PfizerBioNTech, que recebeu aprovação da EMA no dia 21 de dezembro e já está sendo aplicada em toda a União Europeia. Pelo menos 80 milhões de doses da vacina da Moderna foram garantidas ao bloco. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmou através do seu perfil oficial no Twitter que, no total, a “Europa garantiu até agora 2 bilhões de doses de vacinas potenciais”, mais do que suficiente para proteger toda a população dos 27 países.

A vacina contra Covid-19 da farmacêutica norte-americana Moderna já tinha recebido autorização para uso emergencial nos Estados Unidos, no Canadá e em Israel. Parecido com o da Pfizer-BioNTech, o imunizante utiliza pedaços de material genético e precisa de duas aplicações para garantir sua eficácia de 95%, sendo que não houve efeitos colaterais graves durante os ensaios clínicos.