Dinamarca planeja aplicar quarta dose de vacina contra a Covid-19 em ‘cidadãos vulneráveis’

País europeu anunciou reforço da vacina junto à abertura de espaços públicos como cinemas e teatros, fechados desde o meio de dezembro

  • Por Jovem Pan
  • 12/01/2022 17h34
EFE/EPA/HOTLI SIMANJUNTAKSegundo Anvisa, diretores receberam duas ameças em 24 horas para não aprovarem vacinação contra a Covid-19 em crianças

O ministro da Saúde da Dinamarca, Magnus Heunicke, anunciou em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 12, que o país vai propor a aplicação da quarta dose da vacina contra a Covid-19 em pessoas com maior risco de contrair formas graves da doença. “A decisão de propor uma quarta dose aos cidadãos mais vulneráveis abre um novo capítulo contra o vírus”, afirmou. Segundo as autoridades de saúde, terão prioridade na imunização aqueles que têm câncer, imunidade baixa ou artrite. A decisão, que tem como proposta principal tentar frear o avanço da variante Ômicron, foi anunciada junto ao afrouxamento de medidas de isolamento em vigor no país europeu. A partir do próximo domingo, 16, os cinemas, teatros e espaços de eventos, fechados desde o meio de dezembro, poderão reabrir com lotação máxima de 500 pessoas. Bares e restaurantes continuarão sendo obrigados a fechar às 23h. Além da Dinamarca, Chile e Israel já aplicam a quarta dose em grupos com comorbidades e idosos. De acordo com a plataforma Our World In Data, 80% da população do país nórdico está totalmente vacinada.