Italiano é sequestrado após viajar para conhecer namorada virtual na Costa do Marfim

Homem de 67 anos ficou três dias sem contatar família e foi resgatado pela polícia local após operação em parceria com oficiais do país europeu

  • Por Jovem Pan
  • 12/01/2022 17h11
Joshua Woroniecki/Pixabay/Creative CommonsItaliano foi sequestrado após desembarcar em aeroporto para conhecer namorada virtual, que não existia

Um empresário italiano de 67 anos que viajou à Costa do Marfim para conhecer pessoalmente a namorada, com quem tinha se relacionado de forma virtual, precisou ser resgatado pela polícia do país africano após ser vítima de um sequestro. Claudio Formenton teria conhecido a suposta mulher, Oliva Martens, e se apaixonado por ela após algumas conversas online. Ele recusou alguns pedidos de dinheiro dela, mas resolveu viajar ao país para conhecê-la, mentindo para familiares e afirmando que partiria em uma missão humanitária na região. Ele foi recebido no aeroporto por um taxista que teria sido enviado por Olívia, mas percebeu que era vítima de um sequestro quando o veículo desviou do caminho que deveria seguir e o motorista o manteve trancado em um quarto de hotel. O caso, registrado no começo de dezembro, só foi divulgado pela polícia europeia nesta quarta-feira, 12.

De acordo com a imprensa italiana, parentes de Claudio estranharam quando o homem passou três dias sem responder a ligações ou mensagens e acionaram a polícia. O grupo se mobilizou junto aos oficiais marfinenses para encontrar o idoso e usou a geolocalização do celular dele para buscar o cativeiro. De acordo com investigadores, a “Olivia Martens” com quem Claudio se relacionou nunca existiu e o perfil dela pode ter sido criado pelo próprio grupo de sequestradores para enganar cidadãos italianos em busca de dinheiro. O empresário passa bem e o caso é investigado pela Promotoria Pública de Roma, responsável pelos processos envolvendo sequestros de cidadãos do país europeu.