Espanha passa a aceitar entrada de brasileiros imunizados contra Covid-19

Certificado traduzido em espanhol, inglês, francês ou alemão deve ser apresentado em aeroporto e todos os imunizantes aplicados no Brasil serão aceitos

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2021 12h01 - Atualizado em 24/08/2021 12h26
EFE/EPA/MICHAEL REYNOLDSEspanha vai passar a receber brasileiros vacinados sem necessidade de quarentena

Pessoas completamente imunizadas contra a Covid-19 que saírem do Brasil em direção à Espanha a partir desta terça-feira, 24, poderão entrar no país europeu sem precisar fazer quarentena obrigatória. Segundo comunicado da Embaixada da Espanha no Brasil, todos os tipos de imunizantes com uso aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são aceitos no país, inclusive a CoronaVac. Para ter entrada permitida, é necessário que o viajante tenha tomado a segunda dose ou a dose única da vacina há pelo menos 15 dias, que ele apresente um QR Code emitido após preenchimento de um protocolo sanitário no site do governo espanhol e que ele mostre o certificado digital da imunização em inglês, espanhol, francês ou alemão. O último documento pode ser acessado na plataforma Conecta SUS, do Ministério da Saúde.

De acordo com a embaixada, todos que chegarem ao aeroporto terão documentos checados por uma barreira sanitária e passarão por medição de temperatura e outros exames protocolares que podem detectar a Covid-19. É possível que a administração de um teste para detectar a doença seja feito em alguns dos visitantes. Cidadãos da União Europeia, espanhóis, membros diplomáticos e estudantes de intercâmbio que não estão vacinados também podem entrar na Espanha se apresentarem um exame do tipo PCR feito até 72 horas antes de pousar. Exames rápidos de antígenos (RAT) serão aceitos se feitos em até 48 horas antes da chegada na Espanha. As medidas, porém, não valem para brasileiros. Até o momento, a Espanha registrou 4,79 milhões de casos da Covid-19 e 83,3 mil mortes causadas pela doença.