Estados Unidos realizam ataque de drones contra o Estado Islâmico

Operação foi autorizada por Joe Biden e acabou com a morte de um membro do ISIS-K

  • Por Jovem Pan
  • 27/08/2021 23h21
EFE/EPA/AKHTER GULFAMSoldados americanos foram mortos em atentado ao lado do aeroporto de Cabul

Após os ataques em torno do aeroporto de Cabul terem vitimado soldados norte-americanos, os Estados Unidos revidaram contra o Estado Islâmico na noite desta sexta-feira (sábado na Ásia) com um ataque de drones, segundo informam diversas agências de notícias internacionais. O Comando Central dos EUA confirmou o ataque e afirmou que um indivíduo envolvido nos ataques no Afeganistão foi morto. Não há informações de mortes de civis. O contra-ataque foi autorizado pelo presidente Joe Biden. Na quinta-feira, ele disse em rede nacional que iria caçar os responsáveis e ‘fazê-los pagar’. “As forças militares dos EUA conduziram uma operação de contraterrorismo além do horizonte hoje contra um planejador do ISIS-K. O ataque aéreo não tripulado ocorreu na província de Nangahar, no Afeganistão. As primeiras indicações são de que matamos o alvo”, disse o porta-voz do Comando Central dos EUA, capitão Bill Urban.