Europa antecipa análise da vacina contra Covid-19 da Moderna

O imunizante desenvolvido pela farmacêutica também está sendo avaliado nesse momento pelos Estados Unidos, onde a campanha de vacinação começou com a fórmula da Pfizer

  • Por Jovem Pan
  • 17/12/2020 18h54
EFE/Brian van der BrugA vacina desenvolvida pela Moderna apresentou 94,1% de eficácia contra a Covid-19

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) anunciou nesta quinta-feira, 17, que antecipou do dia 12 para o dia 6 de janeiro a reunião na qual os especialistas concluirão a avaliação da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Moderna. A mudança aconteceu porque a farmacêutica enviou antes do previsto o último arquivo de dados que os especialistas precisavam para analisar a solicitação de licença de comercialização do imunizante na União Europeia. Nesse mesmo dia, a vacina da Moderna começou a ser estudada pela agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, que já havia anunciado a segurança e a eficácia da vacina. Durante os testes clínicos, a própria farmacêutica apontou uma eficácia de 94,1% para prevenir a doença causada pelo novo coronavírus. No Reino Unido, no entanto, as autoridades emitiram a recomendação de que não fosse aplicado o agente para pessoas com alergias severas.

Os Estados Unidos já iniciaram a sua campanha de vacinação contra a Covid-19 com o imunizante desenvolvido pela Pfizer em parceria com a BioNTech. Essa mesma fórmula deve ser aprovada na próxima segunda-feira, 21, pela União Europeia, que pretende iniciar a aplicar as primeiras doses ainda este ano, no dia 27 de dezembro. O Reino Unido também já começou a imunizar sua população com a vacina da Pfizer.

*Com informações da EFE