França: Novos protestos dos ‘coletes amarelos’ têm cerca de 200 presos

Na convocação dos protestos, o organizador, Jérôme Rodrigues, pediu que as pessoas voltassem às ruas para denunciar as “injustiças sociais e fiscais”

  • Por Jovem Pan
  • 12/09/2020 14h37
EFE/EPA/GUILLAUME HORCAJUELOManifestante foi preso em Tolouse após protesto dos coletes amarelos

Os novos protestos dos chamados “coletes amarelos”, em Paris, renderam neste sábado a prisão de, pelo menos, 200 pessoas, segundo divulgou o departamento de polícia da capital da França, por meio do Twitter. Desde as primeiras horas de manifestações em Paris, o departamento (chamado de Prefeitura de Polícia), vem divulgando as informações de detidos e mostrando imagens de objetos apreendidos e pessoas sendo abordadas. Em algumas imagens exibidas por emissoras de televisão francesas, várias pessoas aparecem incendiando lixeiras, criando barricadas diante da polícia, que respondeu com o lançamento de artefatos de gás lacrimogêneo.

Além de Paris, diversas capitais de províncias da França tiveram protestos dos “coletes amarelos” neste sábado. Lideranças de esquerda, como Jean-Luc Mélenchon e Fabien Roussel, demonstraram apoio aos atos. Na convocação dos protestos, o organizador, Jérôme Rodrigues, pediu que as pessoas voltassem às ruas para denunciar as “injustiças sociais e fiscais” que não estariam deixando de aumentar no país.

*Com Agência EFE