Grupo francês LVMH vai doar 10 milhões de euros para combater incêndios na Amazônia

  • Por Jovem Pan
  • 26/08/2019 18h24
EFE/Victor MoriyamaO grupo também fez uma doação de 200 milhões de euros para a reconstrução da catedral de Notre-Dame

O presidente do grupo francês LVMH, Davide Marcovitch, anunciou nesta segunda-feira (26), que o conglomerado doará 10 milhões de euros para ajudar no financiamento do combate ao incêndio na Amazônia.

A decisão foi comunicada ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), durante almoço oferecido hoje na capital paulista, pela Câmara de Comércio França-Brasil (CCFB). O grupo congrega empresas como Louis Vuitton e Espumantes Chandon.

“Presidente Rodrigo Maia, quero informá-lo que acabo de receber mensagens do grupo LMHV, que representa a Louis Vuitton e Chandon no Brasil, que vamos doar 10 milhões de euros para ajudar no combate às queimadas na Amazônia”, afirmou o executivo.

Doação para Notre-Dame

O grupo também fez uma doação para a reconstrução da catedral de Notre-Dame, atingida por um incêndio em julho deste ano. Na ocasião, o LVMH disse que doaria 200 milhões de euros, o equivalente a aproximadamente R$ 900 bilhões.