Incêndio em prédio deixa pelo menos 46 mortos e 41 feridos em Taiwan

Maior parte dos moradores do edifício residencial era idosa e vivia em kitnets de 13m²; motivação do ocorrido é investigada e polícia não descarta fogo criminoso

  • Por Jovem Pan
  • 14/10/2021 10h36
EFE/EPA/KAOHSIUNG FIRE BUREAUParte dos mortos chegou a ser socorrida para hospital

Pelo menos 46 pessoas morreram e outras 41 ficaram feridas após um incêndio atingir um prédio residencial com salas comerciais de 13 andares em Kaohsiung, maior cidade de Taiwan, na madrugada desta quinta-feira, 14. De acordo com autoridades do país, o fogo começou por volta das 3h (16h da quarta-feira, 13, no horário de Brasília), momento no qual a maior parte dos moradores dormia, e se propagou “ferozmente” dos andares mais baixos para os mais altos. As confirmações de mortes foram feitas pelo hospital para qual as vítimas foram levadas: 32 delas foram encontradas sem vida ainda dentro do prédio e outras 14 morreram após serem socorridas. O trabalho de rescaldo ainda era feito na tarde desta quinta-feira no país. Ao todo, o prédio tinha 120 unidades residenciais e um piso térreo com um cinema abandonado, restaurantes, karaokê e clubes de dança.
Segundo a agência de notícias Central de Taiwan, o prédio tinha 40 anos de construção e a maior parte dos seus moradores eram idosos que moravam sozinhos em kitnets de 13m². A identidade e idade das vítimas não foi divulgada pela mídia internacional até o momento. No mês de setembro, extintores de incêndio foram colocados no local pelo Corpo de Bombeiros, mas, como os moradores não tinham dinheiro para comprar muitos, apenas três foram alocados para cada andar. Uma das suspeitas da polícia é de que o incêndio tenha sido criminoso e iniciado pela ex-namorada do proprietário de uma loja de chás no piso térreo do prédio. As investigações, porém, não são conclusivas.