Integrante do PCC é morto pela polícia na fronteira entre Brasil e Paraguai

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2019 08h16
Reinaldo Araújo estava foragido desde o ano passado, quando escapou da prisão na capital paraguaia

Um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Reinaldo de Araújo, foi morto pela polícia do Paraguai durante uma troca de tiros em Villa Ygatymi, departamento de Canindeyu. A região fica na fronteira do país com o Brasil.

O criminoso estava foragido desde o ano passado, quando escapou da prisão na capital paraguaia. Ele era procurado junto com Thiago Ximenes, conhecido como Matrix, outro integrante do grupo.

“A polícia fez um trabalho estupendo de acompanhamento e procura”, disse o ministro do Interior do Paraguai, Juan Ernesto Villamayor. “Houve um confronto armado em que um deles foi morto e o outro está foragido e é procurado.”

Para ele, a captura de  Thiago Ximenes acontecerá em “questão de horas”.

Com Agência Brasil