Israel faz primeira visita oficial ao Egito em uma década

Naftali Bennett encontrou Abdel Fattah el-Sisi após convite do presidente egípcio; eles devem conversar sobre ‘processo de paz’ entre países

  • Por Jovem Pan
  • 13/09/2021 13h15
EFE/EPA/Sarahbeth Maney / POOLNaftali Bennett deve encontrar com presidente do Egito nesta segunda-feira

O primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett, aceitou um convite do presidente do Egito, Abdel Fattah el-Sisi, para realizar nesta segunda-feira, 13, a primeira visita oficial de um líder de estado ao país africano em uma década. A dupla se encontrou em um resort na península do Sinai e, de acordo com um comunicado da presidência egípcia, deve debater “formas e esforços de reativar o processo de paz entre os dois países”. Ambos nutrem relações diplomáticas e comerciais, mas o Egito também dialoga com o Hamas, movimento que comanda o Estado da Palestina na Faixa de Gaza, que faz fronteira com o país. Em conversa com o canal Al Jazeera, diplomatas afirmaram que a dupla também deve debater assuntos locais, como a influência do Irã no Oriente Médio e a crise política que atinge o Líbano.

O último primeiro-ministro a visitar o Egito foi o antecessor de Bennett, Benjamin Netanyahu, que encontrou com o presidente Hosni Mubarak em 2011, antes da série de protestos desencadeados no país que ficaram conhecidos como a “Revolução de Lótus”. A reunião ocorre um dia após o país de Bennett lançar ataques aéreos à Faixa de Gaza. De acordo com militares israelenses, os ataques foram uma “resposta” ao lançamento de foguetes da Palestina voltados ao território deles. Apesar da troca de fogo, não há até o momento registro de mortos ou feridos. O último confronto duradouro entre Hamas e Israel aconteceu no mês de maio de 2021 e durou 11 dias, deixando mais de 250 palestinos e 13 israelenses mortos.