Itália volta a obrigar o uso de máscaras e determina fechamento de casas noturnas

Anúncios foram feitos pelo governo italiano nesta quinta-feira, 23, e visam conter o avanço da pandemia de Covid-19 causado pela variante Ômicron

  • Por Jovem Pan
  • 24/12/2021 00h04 - Atualizado em 24/12/2021 00h34
EFE/EPA/ANDREA MEROLA coronavírus

O governo da Itália decidiu tornar obrigatório o uso de máscaras de espaços abertos e estabeleceu o fechamento de casas noturnas. As medidas foram anunciadas nesta quinta-feira, 23, e visam conter a nova onda de contágios do coronavírus, causada pela variante Ômicron. De acordo com o primeiro-ministro do país, Mario Draghi, o governo esperou até o último momento para tomar a decisão, mas após analisar os dados, convocou assessores científicos e depois se reuniu com o Conselho de Ministros para aprovar as medidas. O resultado foi o chamado “Decreto Festividade”, uma série de restrições e disposições para cortar a circulação do vírus SARS-CoV-2 em situações de lazer ou relaxamento, conscientes de que o Natal, com suas reuniões e festas, não ajudará nessa batalha.

*Com informações da EFE