Janssen quer aplicar dose de reforço da vacina contra a Covid-19 nos EUA; entenda

Farmacêutica pediu autorização à agência reguladora do país para uso emergencial da segunda dose; estudos apontam que nova aplicação aumenta os níveis de proteção em 94%

  • Por Jovem Pan
  • 06/10/2021 05h33 - Atualizado em 06/10/2021 05h36
EFE/EPA/SANDER KONINGEm comunicado, a farmacêutica acrescenta que a dose de reforço administrada seis meses após a primeira fase aumenta os níveis de anticorpos nove vezes

A farmacêutica Janssen solicitou aos órgãos reguladores dos Estados Unidos uma autorização para aplicação emergencial da dose de reforço do imunizante contra a Covid-19 em adultos. O anúncio foi feita nesta terça-feira, 5, quando a empresa apresentou resultados positivos de testes para a Administração de Alimentos e Remédios dos EUA, a FDA. Atualmente, a vacina, que chegou a ser aplicada no Brasil, é de dose única. No entanto, segundo os estudos apresentados, o reforço imunológico dois meses após a primeira aplicação gerou 94% de proteção contra infecções sintomáticas e 100% contra formas graves da doença. “Nosso programa clínico descobriu que um reforço de nossa vacina contra a Covid-19 aumenta os níveis de proteção daqueles que receberam a dose única em 94%”, disse o diretor global de pesquisa e desenvolvimento da Janssen, Mathai Mammen. Em comunicado, a farmacêutica acrescenta que a dose de reforço administrada seis meses após a primeira fase aumenta os níveis de anticorpos nove vezes. A empresa aguarda aprovação da FDA e planeja apresentar os resultados à Organização Mundial da Saúde (OMS).

*Com EFE