Juiz dos EUA marca audiência de caso de agressão sexual contra o príncipe Andrew

Filho da Rainha Elizabeth II responderá em Nova York por abuso contra garota menor de idade

  • Por Jovem Pan
  • 05/11/2021 02h00 - Atualizado em 05/11/2021 02h01
EFE Príncipe Andrew - Londres - família real Príncipe Andrew está em tensão desde que o caso veio à tona

Nesta quinta-feira, 4, um juiz de Nova York marcou a data da audiência do caso de agressão sexual que envolve o príncipe Andrew, da Grã-Bretanha, e uma mulher norte-americana. O Tribunal ouvirá a defesa do filho da Rainha Elizabeth II em 4 de janeiro de 2022. A queixa de Virginia Giuffe, de 38 anos, criou uma tensão na família real e, principalmente, contra o duque de York, de 61 anos. A mulher alega que foi abusada pelo príncipe quando ainda era menor de idade, há mais de 20 anos. O caso envolve o falecido Jeffrey Epstein, acusado de tráfico de crianças, que teria a ‘emprestado’ para fazer sexo com ricos e poderosos. O príncipe Andrew nega as acusações e convocou a audiência para que a denúncia seja rejeitava. Segundo ele, a acusação é “sem mérito” e Virginia está tentando lucrar financeiramente com o caso.