May admite que acordo do Brexit não será aprovado em ‘futuro próximo’

  • Por Jovem Pan
  • 06/04/2019 20h28
EFE"Os eleitores esperam que seus políticos trabalhem juntos quando o interesse nacional assim o exigir", afirmou a primeira-ministra

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, reconheceu neste sábado (6) que as estratégias do governo para que o acordo do Brexit seja aprovado fracassaram. Segundo a líder dos conservadores, há poucas perspectivas de que o Parlamento apoie a proposta em um “futuro próximo”.

May pediu ainda aos legisladores da oposição para buscar um acordo de divórcio com a União Europeia. “Os eleitores esperam que seus políticos trabalhem juntos quando o interesse nacional assim o exigir”, afirmou.

Depois da Câmara dos Comuns rejeitar três vezes o acordo de May com a UE, ela convidou o Partido Trabalhista, de oposição, a discutir alternativas. As tentativas de negociações ao longo desta semana, no entanto,  fracassaram.

A Grã-Bretanha deveria deixar a UE em 29 de março, porém conseguiu um adiamento até 22 de maio em caso de aprovação de acordo no Congresso britânico. Caso os parlamentares não aceitem o projeto, o Brexit deve ocorrer no dia 12 de abril.

May trabalha, no entanto, para conseguir com a UE um adiamento do prazo do Brexit para 30 de junho.

Estadão Conteúdo