Menino de 11 anos morre após acidente em brinquedo de parque de diversões nos EUA

Garoto estava com família em um bote que virou e ficou preso ao cinto de segurança da atração; irmão mais velho dele está internado em estado grave

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2021 12h48 - Atualizado em 06/07/2021 13h52
Acervo familiarMenino morreu após acidente em brinquedo

Um menino de 11 anos morreu e o irmão mais velho dele ficou gravemente ferido após um acidente em um parque de diversões no estado de Iowa, nos Estados Unidos, no último sábado, 3. Michael Jaramillo estava com os pais e outras quatro crianças em um brinquedo formado por uma espécie de bote que navegava em um rio artificial dentro do Adventureland Park, local que tem quase 70 anos de fundação. No meio do trajeto, o bote virou e os ocupantes começaram a se afogar, sem conseguir voltar à superfície. “Quando o barco virou, todos nós ficamos presos nos cintos de segurança. Eu vi os meus filhos tentando se ajudar, tentando nos pedir ajuda. Eles queriam ajuda e não conseguimos ajudá-los”, narrou o pai dos garotos, David Jaramillo, em entrevista ao canal norte-americano ABC News. A família teria ido ao local para comemorar o aniversário de Michael.

Funcionários conseguiram tirar o grupo do bote e começaram a fazer manobras de ressuscitação em pelo menos três crianças, que foram socorridas para o hospital pelo corpo de bombeiros. Michael morreu no domingo, 4, e o irmão dele continua internado em estado gravíssimo. O parque foi fechado ainda no sábado e a polícia conduz investigações no local. Em nota, o Adventureland afirmou que o brinquedo, que funciona no local há mais de 40 anos, é seguro e foi vistoriado um dia antes do acidente sem ter nenhum problema apontado pelas equipes de inspeção. Dados do estado de Iowa mostram que, no ano de 2016, um funcionário que tentava ajudar visitantes do local morreu após cair dentro da água no mesmo brinquedo. Na ocasião, o parque foi condenado a pagar indenização de US$ 40 mil (equivalente a R$ 200 mil) à família da vítima.