Miguel Díaz-Canel, presidente de Cuba, sucederá Raul Castro no comando do Partido Comunista

Posse do presidente como primeiro-secretário da legenda marca a primeira vez em 60 anos que Cuba não é comandada por um irmão Castro

  • Por Jovem Pan
  • 19/04/2021 14h26 - Atualizado em 19/04/2021 16h43
EFE/Irene PérezMiguel Díaz-Canel é presidente de Cuba e vai assumir cargo de Raul Castro no Partido Comunista

Dois dias após o anúncio da aposentadoria de Raul Castro da cadeira de primeiro-secretário do Partido Comunista de Cuba, o atual presidente da ilha, Miguel Díaz-Canel, foi eleito neste domingo, 18, para o cargo. O anúncio foi feito nas redes sociais do partido nesta segunda-feira, 19. O novo primeiro-secretário foi escolhido por uma série de delegados partidários no 8º Congresso do Partido Comunista Cubano, iniciado na última sexta-feira, 16. Aos 60 anos e presidindo Cuba desde 2018, Díaz-Canel iniciou sua conexão com o partido comunista do país no começo da década de 1990, mas ganhou projeção nacional ao alcançar o cargo de ministro da Educação em 2009.

Com a aposentadoria de Raul Castro e o comando de Miguel Díaz, esta é a primeira vez em 60 anos na qual a ilha de Cuba não é comandada por um irmão Castro. Nas redes sociais, o presidente do país publicou uma foto de Raul durante discurso afirmando que o dia 19 de abril foi um momento histórico no qual “a geração do centenário, fundadora e guia do partido, transfere as suas responsabilidades”. Além da oficialização do novo cargo do presidente de Cuba, a cerimônia também marcou a incorporação de cinco novos membros do Partido Comunista à diretoria da legenda.