Mulher e bebê morrem pisoteados por elefante no Zimbábue

Jovem de 23 anos voltava da casa de um parente com filho de 3 meses quando cruzou o caminho de uma manada dos animais

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2022 13h54
Hwange National Park, Zimbabwe/Fabio Achilli/Creative Commons elefante no zimbabue Pisoteamento foi registrado no Zimbábue

Uma mulher de 23 anos e um bebê de três meses morreram no último sábado, 1º, após serem pisoteados por um elefante no distrito de Chipinge, no Zimbábue. De acordo com as autoridades locais, a vítima tinha saído do vilarejo no qual morava para uma cidade vizinha, onde passou a virada de Ano Novo com a família. Ela voltava para casa quando teria cruzado com uma manada de elefantes, sendo pisoteada em seguida. “De repente, um elefante a atacou e a matou na hora, junto ao bebê dela”, afirmou em entrevista à agência AFP o porta-voz da Autoridade de Gestão de Parques e Vida Selvagem do Zimbábue (Zimparks), Tinashe Farawo. Apesar de impactantes, ataques do tipo não são raros no país. Ainda em outubro, um veterinário de 71 anos morreu durante uma caminhada matinal após ser pisoteado por uma fêmea da espécie no Parque Nacional de Mana Pools, local que visitava há pelo menos três décadas.