Navio carregado de petróleo pode afundar na Venezuela

Como a embarcação está transportando mais de um milhão de barris, a situação preocupa os ambientalistas; petroleiro está a pouco mais de mil quilômetros das águas brasileiras

  • Por Jovem Pan
  • 21/10/2020 15h29
Latin America News Agency/via REUTERSImagens mostram o navio-petroleiro já inclinado no mar

Uma embarcação da empresa estatal venezuelana de petróleo, a PDVSA, corre o risco de afundar no Golfo de Paria, entre a Venezuela e Trinidad e Tobago. O naufrágio representaria um desastre ambiental, já que o navio, batizado de Nabarima, está carregado com mais de um milhão de barris de petróleo. Segundo a agência de notícias Reuters, a companhia pretende descarregar parte dos produtos a bordo e transferi-los para outra embarcação, que já está próxima do local. Em nota, a Marinha do Brasil afirmou que o petroleiro em risco de naufrágio está a 1,3 mil quilômetros das águas brasileiras e que a situação também está sendo acompanhada tanto pelo Ibama quanto pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biombustíveis (ANP).

A Marinha esclareceu ainda, que no momento a corrente marítima do Golfo de Paria está seguindo rumo ao Mar do Caribe, ou seja, na direção oposta ao Brasil. Porém, a organização se comprometeu a continuar monitorando a situação para “antecipar qualquer ação necessária” no caso de vazamentos. O Nabarima é operado pela PDVSA em associação com a petrolífera italiana Eni.

*Com informações de agências internacionais