Nível de alerta aumenta e cinco mil são retirados de casa por erupção do vulcão Cumbre Vieja

Atingidas pela lava, que viaja em velocidade de 700m/h, residências pegaram fogo em La Palma; área marítima foi esvaziada com expectativa de que fenômeno chegue ao oceano

  • Por Jovem Pan
  • 20/09/2021 11h12 - Atualizado em 20/09/2021 17h55
REUTERS/Borja SuarezLava do vulcão Cumbre Vieja atinge casas enquanto segue em direção ao oceano

Pelo menos cinco mil pessoas foram retiradas das próprias casas na noite deste domingo, 19, com o avanço da lava do vulcão Cumbre Vieja pela ilha de La Palma, nas Ilhas Canárias. A Comissão Científica do Plano Especial de Proteção Civil e Atenção a Emergências por Risco Vulcânico mudou ainda na madrugada desta segunda-feira, 20, a cor do alerta da erupção de laranja para vermelho, o que indica maior gravidade da atividade sísmica, risco aos humanos e ao espaço geográfico localizado no entorno da falha. Ainda assim, segundo o governo local, a lava segue em direção ao oceano e não há previsão da necessidade de mais evacuações no momento. Além da evacuação parcial de moradores, a realocação de bichos como porcos e cabras também foi feita por membros da guarda civil espanhola que viajaram até a ilha para ajudar nos trabalhos. Parte da população local sobrevive da criação de animais, além da plantação. Todas as aulas foram canceladas na ilha, que instalou os moradores desabrigados em uma espécie de ginásio preparado com camas e alimentação.

Segundo o Instituto Vulcanológico das Canárias (Involcán), na madrugada desta segunda, a lava avançava a uma velocidade de 700 metros por hora e com uma temperatura de 1.075ºC. Nesse ritmo, o governo projeta que a erupção vá atingir a região costeira de La Palma na terça-feira às 20h (16h no horário de Brasília). Segundo o Ministério de Transportes do país europeu, a chegada da lava à água representaria “um risco para a navegação marítima”. Por causa disso, uma operação para controlar a aglomeração de embarcações no local entrou em vigor. Algumas residências na região de Cabeza de Vaca, onde o Cumbre Vieja fica localizado, pegaram fogo após contato com a lava. Apesar disso, parte das operações da ilha, como o aeroporto, continuam funcionando normalmente.

Na manhã desta segunda-feira, o presidente do país, Pedro Sánchez, que adiou uma viagem para a assembleia geral da ONU, em Nova York, para visitar o local da erupção, conversou com jornalistas em coletiva de imprensa e disse que a situação atual de La Palma é um exemplo da unidade do país. “Quando catástrofes do tipo acontecem, toda a solidariedade, toda a empatia da cidadania espanhola se volta precisamente à região afetada”, afirmou. Não há até o momento registro de qualquer pessoa ferida por causa do vulcão, e a comissão continua a pedir que a população não se aproxime do vulcão por riscos de queda de piroclastos (pedaços de rocha), exposição a gases e queda de cinzas do céu. Motoristas são orientados a dirigir a menos de 40km/h por causa da baixa visibilidade na área e moradores que não foram evacuados devem fechar portas e janelas para evitar respirar as cinzas. O uso de máscaras e objetos que cubram os olhos também é indicado pelo governo.