Obra de Frida Kahlo é leiloada por equivalente a R$ 190 milhões e se torna a mais valiosa de artista latino

Autorretrato chamado ‘Diego y yo’ foi terminado em 1949 e comprado por uma pessoa não identificada; apesar do alto valor, preço do quadro ficou aquém do estimado

  • Por Jovem Pan
  • 17/11/2021 13h52
Julian Cassady/SOTHEBY'S/Divulgação via REUTERS Quadro foi leiloado em Nova York

Um autorretrato da pintora mexicana Frida Kahlo com o marido Diego Rivera foi leiloado em Nova York nesta terça-feira, 16, por US$ 34,9 milhões (equivalente a R$ 190 milhões), maior valor já pago por uma pintura de um artista latino-americano na história. A obra, batizada de “Diego y yo” (Diego e eu), foi terminada em 1949 e adquirida por um comprador não identificado. De acordo com a casa de leilões Sotheby, responsável pela venda, informou que US$ 3,9 milhões (mais de R$ 20 milhões) foram pagos somente em impostos da transação. Apesar do alto valor, o quadro, considerado um dos mais importantes da carreira de Frida, não bateu a marca projetada por especialistas, que estimavam que ele chegaria a US$ 50 milhões (R$ 275 milhões).