OMS ‘apela’ por ação urgente contra varíola dos macacos na Europa

Nas últimas duas semanas, casos de infectados pela doença na região triplicaram e chegaram a 4,5 mil

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2022 20h32
CDC/Brian W.J. Mahy/Divulgação via REUTERS Varíola dos macacos No mundo, são somados mais de 9,5 mil casos da varíola dos macacos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) apelou, nesta sexta-feira, 1º, para que a Europa realize uma ação urgente para controlar o contágio da varíola dos macacos. Nas últimas duas semanas, os registros da doença na região triplicaram. Ao todo, foram contabilizados 4,5 mil pessoas infectadas em 31 países. No mundo, excluindo o continente europeu, já são somados 5 mil casos. De acordo com Hans Kluge, diretor regional da OMS, quase 90% dos casos computados no mundo estão concentrados na Europa. “Estou intensificando meu apelo aos governos e à sociedade civil para que aumentem os esforços nas próximas semanas e meses para evitar que a varíola dos macacos se estabeleça em uma área geográfica ainda maior”, pediu. Até o momento, na maioria dos casos, os infectados tem apresentado febre, fadiga, dores musculares, vômitos, diarreia, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça e erupção cutânea.