Com restrições impostas pela Covid-19, Natal será menos consumista, afirma papa Francisco

O líder da Igreja Católica convidou os fiéis a aproveitarem a pandemia de Covid-19 para dar um novo significado à data, relembrando o seu verdadeiro significado

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2020 11h04 - Atualizado em 16/12/2020 11h17
FE/EPA/VATICAN MEDIA HANDOUTPara evitar aglomerações, as audiências gerais do Papa Francisco estão sendo realizadas dentro do Palácio Apostólico

O Papa Francisco expressou o seu desejo que as restrições e as dificuldades impostas pela pandemia de coronavírus permitam que as pessoas descubram um Natal mais autêntico e religioso e menos consumista. Na audiência-geral desta quarta-feira, 16, o líder da Igreja Católica convidou os fiéis a buscarem uma purificação e ressignificação da data que se trata, na verdade, do nascimento de Jesus Cristo. “Nesta no de restrições e inconveniências, pensemos no Natal da Virgem Maria e de São José. Não foi fácil. Quantas dificuldades. Quantas preocupações. No entanto, a fé, a esperança e o amor os guiaram e incorreram neles. Que seja assim para nós”, completou.

*Com informações da EFE