Parte do Rio Tâmisa congela devido às temperaturas negativas em Londres

O fenômeno aconteceu pela última vez há quase 60 anos; termômetros devem continuar marcando entre 0ºC e -1ºC nos próximos dias na capital inglesa

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2021 14h07 - Atualizado em 12/02/2021 14h20
Reprodução Twitter AllBriefsNesta sexta-feira, 12, o Rio Tâmisa amanheceu congelado na região sudoeste de Londres

Pela primeira vez em quase 60 anos, uma parte do Rio Tâmisa congelou em consequência das temperaturas abaixo de zero registradas em todo o Reino Unido nessa semana. O frio intenso vindo do Mar Báltico alcançou o rio na região sudoeste de Londres, onde a água flui mais lentamente e, por isso, é mais suscetível ao congelamento.  Segundo o jornal britânico The Guardian, a cena rara desta sexta-feira, 12, lembra janeiro de 1963, quando o país vivenciou o inverno mais frio em 200 anos. Na ocasião, várias pessoas foram fotografadas praticando atividades sobre o Rio Tâmisa, que congelou por completo e permitiu que um homem andasse de bicicleta nas cercanias da Ponte de Windsor e que um grupo patinasse na zona em frente ao Palácio de Buckingham. Em Londres, as temperaturas devem permanecer entre 0ºC e -1ºC nos próximos dias, apesar da sensação térmica ser de -5ºC por causa do evento. Nesta sexta-feira, 12, os serviços de trem da cidade tiveram que ser cancelados e algumas estradas ficaram intransitáveis por causa do gelo.