Partido do primeiro-ministro Narendra Modi perde eleição em estado-chave da Índia

O resultado representa o enfraquecimento do político em meio a críticas sobre a forma como ele lidou com a pandemia do novo coronavírus, que está causando recordes de casos e mortes no país

  • Por Jovem Pan
  • 03/05/2021 11h07 - Atualizado em 03/05/2021 17h51
EFE/EPA/PIYAL ADHIKARYApoiadores do partido TMC, da opositora Mamata Banerjee, comemoram vitória em Bengala Ocidental

O partido nacionalista Bharatiya Janata (BJP), de Narendra Modi, sofreu uma perda importante nas eleições estaduais em meio ao recorde de casos e mortes por Covid-19 na Índia ao não conseguir conquistar Bengala Ocidental, onde tinha concentrado a maior parte do seu tempo e dinheiro. O primeiro-ministro chegou a ser acusado de se concentrar mais nas pesquisas eleitorais do que no próprio combate à pandemia, mas ainda assim a Comissão Eleitoral indicou neste domingo, 2, que o estado deve reeleger a ministra Mamata Banerjee, do partido Trinamool Congress (TMC). Em outras regiões da Índia, o BJP também teve resultados aquém do esperado. A performance representa o enfraquecimento político de Modi, que autorizou a realização de festivais religiosos e realizou gigantescos comícios eleitorais enquanto o novo coronavírus se alastrava pelo país. Porém, a oposição está dividida e não possui um candidato único que possa representar uma ameaça para o primeiro-ministro nas próximas eleições nacionais, que acontecerão daqui três anos.