Em colapso, Índia tem fogueiras improvisadas para cremar vítimas da Covid-19

Cidades adotam cremações em massa e a céu aberto; subnotificação de óbitos e falta de oxigênio preocupam

  • Por Jovem Pan
  • 27/04/2021 11h15 - Atualizado em 27/04/2021 11h15
EFE/EPA/IDREES MOHAMMED Corpos são cremados em cerimônias em massa na Índia Em um crematório de Bhopal, trabalhadores disseram ter cremado mais de 110 pessoas no sábado, enquanto dados do governo apontaram apenas 10 mortes

A Índia sofre efeitos devastadores por conta da pandemia de Covid-19. Com recordes diários de casos da doença há quase uma semana, a maioria dos hospitais passa por uma escassez de leitos, obrigando os doentes a serem tratados em casa. Outro problema é a falta de oxigênio, o preço dos cilindros e equipamentos para respiração disparou, o que aciona o mercado ilícito. Os laboratórios também estão sobrecarregados e isso ocasiona demora de dias para entrega de resultados de exames, o que atrapalha a avaliação dos médicos sobre a evolução da doença. Além dos casos, as mortes também crescem nas filas por um leito hospitalar. Cremações em massa e a céu aberto em grandes fogueiras estão sendo feitas para dar conta do número de vítimas do novo coronavírus. A subnotificação de casos é outra preocupação. Em um crematório de Bhopal, trabalhadores disseram ter cremado mais de 110 pessoas no sábado, enquanto dados do governo apontaram apenas 10 mortes.